Como aplicar Análise SWOT

Nas aulas de empreendedorismo da faculdade aprendi um pouco sobre essa tal Análise SWOT e depois fui pesquisar mais e fazer outros cursos na internet. Também a apliquei em minha vida pessoal e em diversas equipes das quais trabalhei. Inicialmente, ela serve para ajudar a analisar os fatores internos e externos que podem influenciar em oportunidades de negócio.

Vamos entender juntos o que é e depois podemos pensar em como aplicá-la em diversos aspectos da vida.

O que é Análise SWOT?

Ao separar os termos temos a definição de análise:

“Análise consiste no exame detalhado sobre determinada matéria ou assunto, observando todos os pormenores que formam cada parte de um todo” …

Retirada daqui

Temos também o significado do acrônimo SWOT, que estendido é representado por quatro palavras: S de Strengths (Forças), W de Weaknesses (Fraquezas), O de Opportunities (Oportunidades) e T de Threats (Ameaças). Se preferir em português, pode chamar de FOFA.

Juntando essas definições temos que Análise SWOT é um exame detalhado sobre forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

(Mas qual é a diferença entre forças e oportunidades, fraquezas e ameaças? Não são a mesma coisa?)

Forças e oportunidades são ambos fatores positivos, enquanto fraquezas e ameaças são fatores negativos. Contudo, as forças e fraquezas são fatores internos e as oportunidades e ameaças são fatores externos.

Como podemos aplicá-la?

Embora essa ferramenta tenha sido definida e contruída para ajudar a validar oportunidades de negócio de forma visual, ela também pode se aplicar aos fatores do cotidiano em nossas vidas pessoais e profissionais.

Por exemplo, quando temos um trabalho em equipe para fazer, podemos conhecer os membros do time e saber em que pontos eles são fortes e fracos, utilizando os pontos fortes para nos ajudar a encarar os desafios e as oportunidades que conhecemos – como tirar um 10 em matemática e ficar tranquilos, ou fazer entregas excelentes no trabalho e quem sabe receber uma promoção – e lidar com possíveis ameaças – como repetir uma disciplina ou ser demitido do emprego – ao mesmo tempo em que trabalhamos as nossas fraquezas para evoluir como um time.

(Ah legal! Mas Gabriel, você já usou isso mesmo?)

Essa visão me ajuda bastante a lidar com várias situações do dia a dia como líder de equipe e percebi que, desde antes de aprender mais formalmente, eu já utilizava os conceitos da análise SWOT e vários outros para ajudar a construir equipes de alta performance, mas estudar e conhecer um pouco mais me ajudou a organizar melhor as ideias.

Na minha vida pessoal utilizei para colocar ideias no papel, já vi algumas se tornarem oportunidades de negócio e outras apenas descobri que não eram o suficiente para continuar e ai parei de investir meu tempo (mas elas ainda estão lá anotadas, quem sabe um dia).

Gostou? Foi útil? Concorda ou discorda de algum ponto? Comenta ai e vamos aprender mais juntos!

Espero que te ajude 😉

Para saber mais

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s